Vou de táxi

0

A partir do próximo ano muita gente vai vender os carros. Pelo menos quem acreditar nos candidatos que prometem dotar Aracaju de um transporte coletivo de primeiro mundo. Valadares Filho (PSB) anuncia que, se eleito, implantará o veículo leve sobre trilhos (VLT), enquanto João Alves Filho (DEM) apresenta como solução para os congestionamentos da capital o ‘trânsito rápido de ônibus’ e a ampliação das ciclovias. Quem sabe, até o final da campanha, não aparece alguém no horário eleitoral gratuito prometendo metrô de graça, afinal, todo projeto é barato e viável quando apresentado em maquetes bem elaboradas. O certo é que, passadas as eleições, os aracajuanos vão continuar sendo transportados em ônibus velhos e caros enquanto esperam 2014 chegar para ouvir novas promessas mirabolantes. Até lá, ouvem no rádio Angélica cantar “vou de táxi”.

Palhaço

E quem estará em Aracaju no próximo sábado é o palhaço Tiririca (PR), deputado federal mais votado nas eleições passadas em São Paulo. Vem a convite do colega de parlamento, Laércio Oliveira, para participar de uma carreata do prefeiturável João Alves Filho (DEM). Sem conhecer direito Aracaju, Tiririca é bem capaz de usar no discurso seu bordão de campanha: “Pior do que está não fica”.

Apoio tucano

O senador Aécio Neves (PSDB) disse ontem que Aracaju “vai eleger um prefeito que tem duas qualidades dignas dos grandes homens públicos: sensibilidade e capacidade”. Foi durante um mini-comício organizado pela campanha de João Alves Filho (DEM) no bairro Santos Dumont. O prefeiturável aproveitou para prometer uma avenida que começa no rio do Sal, passa pelo bairro Santos Dumont e vai até o Mosqueiro.

Comilança

Os terreiros de Candomblé festejam hoje os santos meninos Cosme e Damião. Não faltará caruru, abará, acarajé, pipoca, doces e cana cortada em tiras. As divindades gêmeas são associadas aos Ibejís nos cultos afro – brasileiros. No candomblé, Cosme e Damião são filhos gêmeos de Xangô e Iansã.

No forno

Duas novas pesquisas sobre a disputa eleitoral em Aracaju foram registradas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). De responsabilidade do Voz Opinião e Pesquisas e do Dataform, as duas novas consultas sobre a campanha para a Prefeitura da capital serão divulgadas na próxima segunda-feira. Até lá não faltarão boatos sobre a performance dos prefeituráveis.

Na telinha

A presidente Dilma Roussef (PT) voltou a aparecer no horário eleitoral para pedir aos aracajuanos que elejam Valadares Filho (PSB). A petista disse que "Aracaju vai mostrar que um jovem pode governar uma capital com ideias inovadoras". Ela citou o exemplo de Lula (PT), que colocou o Brasil no caminho do desenvolvimento, e o dela própria: "Muita gente dizia que uma mulher não podia governar o país. Agora, com Valadares, Aracaju vai seguir o exemplo do Brasil", frisou.

Vice do TRE

O desembargador Ricardo Múcio foi confirmado ontem como vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SE). Ele vai substituir Marilza Maynard, que renunciou ao cargo após ser convocada como desembargadora substituta do Superior Tribunal de Justiça. Também ontem foi eleito como membro suplente do TRE o Desembargador Edson Ulisses de Melo.

Desembargador

O Juiz de Direito José dos Anjos é o novo desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe. O magistrado ocupará a vaga aberta após aposentadoria compulsória do Desembargador José Alves Neto. Na eleição realizada ontem pelo Pleno do TJ, José dos Anjos integrou a lista tríplice para promoção a desembargador pela terceira vez e também foi o que atingiu a maior pontuação. A posse do novo desembargador acontecerá no próximo dia 9.

Derrotados

Entre um gole e outro de Pedra 90, dois ‘bebinhos’ discutiam sobre as eleições numa birosca da periferia de Aracaju. Em dado momento, um indagou: “Você né sabido, então diga quem vai ganhar essa zorra!”. O outro levantou cambaleando e sapecou: “Só nun semos nós”.

Molha pardo

Após 90 minutos de bicoradas, safanões de asas e esquivas dos esporões, o Urubu depenou o Galo, botou na panela e comeu ao molho pardo. Com belos gols de Vágner Love e Liédson, de bicicleta e voleio, o Mengão colocou o Atlético em seu devido lugar. O time mineiro chegou a empatar a partida com Jô, porém não resistiu ao futebol bem jogado pelos rubronegros. Nem precisa dizer que a urubuzada está rindo de orelha a orelha.

Do baú político

A coluna volta a se socorrer com o jornalista Sebastião Nery, que no livro ‘Folclore Político’ escreveu esta pérola: “Fernando Leite, filho do senador Júlio Leite, era presidente da Assembléia quando Seixas Dória era governador. Seixas teve que ir ao Rio e o vice Celso de Carvalho estava no Rio Grande do Norte assistindo ao enterro da sogra. Assumiu o governo por dois dias o presidente da Assembléia. Fernando Leite então mandou telegramas a todas as embaixadas comunicando ao mundo sua governança. E, orgulhoso, como bom filho, telegrafou à mãe, internada e gravemente enferma em um hospital do Rio: “Mamãe, pode morrer tranqüila. Seu filho é governador. Beijos, Fernando”.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários