Brinquedo Proibido

0

Uma pequena empresa pernambucana, a Aurora Vídeo, está lançando, todos os meses, um pacote com três ou quatro filmes antigos, rotulados de clássicos. E o são de verdade.

Este “Brinquedo Proibido” é uma pequena obra-prima de René Clement que recebeu o Leão de Ouro de melhor filme do Festival de Veneza, em 1952 e no ano seguinte faturou o Oscar de melhor filme estrangeiro.

O filme se passa em 1940: por força de bombardeios, a pequena Paulette, de 6 anos, fica órfã e é “adotada” por Michel e sua família. A diversão deles é meio tétrica: colecionar cruzes, como a marcar a presença da morte e da incompreensão. Com dois pequenos atores notáveis, que, depois fariam carreira no cinema francês: Brigitte Fossey e George Poujouly.

Comentários