Alfa

0

(Alpha). EUA, 2018. Direção de Albert Hughes. . Roteiro de Albert Hughes, Daniele Sebastian Wiedenhaupt. Produção de Andrew Rona, Robin Le Chanu. Direção de Fotografia: Martin Gschlacht. Música de Joseph S. de Beasi. Montagem de Sandra Granovski. 96m, 10 anos. Cia. Podutora: Studio 8. Distr. nosso cinemas:  Columbia Pictures. Com Kodi Smit-Mc Phee, Blake Point, Nashon Douglas, Natassia Malthee, Michael Kruse-Dahl, Patrick Flanagan, Johannes Haukur Johannesson, Leoenor Varela,  Spencer Bogaert.

Gênero – Aventura

Sinose – Europa, 20 mil anos atrás. Enquanto participa de sua primeira caçada, um rito de passagem para o grupo deo elite de sua tribo, um jovem é ferido e deixado para morrer. Ao despertar, ferido e sozinho, ele precisa encontrar meios de sobreviver e se guiar pela natureza dura e implacável. E quando ele relutantemente domina um lobo selvagem que foi abandonado por seu bando, os dois aprendem a confiar um noutro  e se tornqam aliados improváveis, enfrentando perigos incontáveis e superando todos os desafios pqar poderem voltar para suas casas antes que um inverno mortal se instale.

Apreciação – Aventura passada na pré-história do homem, dirigida por Albert Hughes, que sempre assumiu a direção de seus filmes dividindo a função com o irmão Allen. Agora ele explora os cenários ficamente preparados pela sua equipe numa história passada na pré-história do homem. A crítica americana viu com simpatia esta película de imagens belíssima e desenrolar curioso  e inteligente. Os cenários são belíssimos e o roteiro é correto. A ver, sem dúvida, com muito interesse.

Fique de Olho – No jovem Kodi Smiit-McPhee que depois de 3 ou 4 filmes, ganha uma oportunidade de ouro, defendendo o papel principal desta aventura.

Onde assistir