Era Uma Vez Em Hollywood

0

(Once Upon a Time…in Hollywood). EUA, 2019. Direção e Roteeiro de Quentin Tarantino. Música de Mary Ramos.  Produção de David Heyman, Shannon McIntosh e Tarantino. Direção de Fotografia: Robert Tichardson.  Montagem de Fred Raskin. Cias. Produtoras: Heyda Film, Bona International Film Group, para a Sony Pictures Releasing International. Distr. Nos Cinemas: Columbia Pictures.  Com Leonardo DiCaprio, Brad Pitt,  MargotRobbie, Dakota Fanning, Damon Herriman, Austin Butler, Emile Hirsch, Scoot McNairy, Luke Perry,  Al Pacino, Nicholas Hammond, Spencer Garret, Mike Moh, Lena Dunham, Damien Lewis,  Bruce Dern, Kurt Russell, Timothy Olyphant, Zoe Bell, James  Marsden, Miichael Madsen, James Remar, Brenda Vaccaro.

Gênero – Drama, Thriller, Suspense.

Sinopse – 1969 foi um ano marcante em Hollywood. Marcado pela guerra fria, a chegada ao Poder de Richard Nixon, o movimento hippie, a era do amor livre, Woodstock,  a chegada do homem à lua, além do sangrento massacre  pela seita de Charles Mansoinque resultou na morte da atriz Sharon Tare, então grávida faltando apenas duas semanas para dar a luz, ao filho do diretor Roman Polanski.  Neste contexto, dois atores, amigos, Rick Dalton e Cliff Booth buscam abrir caminho em busca da fama, numa Hollywood tomada de sobressaltos.

Apreciação – A visão muito pessoal da indústria de Hollywood  num ano  extremamente difícil vivido pela indústria do cinema e da televisão. Não é um filme exclusivo sobre a atriz em atos demoníacos praticados pela seita de Charles Manson, que morreu há poucos dias na prisão por causa daquele crime. Não chega a ser uma obra-prima, mas de qualquer forma é um belo trabalho com a assinatura de um dos mais legítimos criadores da Hollywood de hoje. Naturalmente, imperdível, mesmo que você desconheça fatos ocorridos há cinquenta anos.

Fique de OIlho – Nos numerosos atores veteranos que formam o elenco de apoio, gente da qualidade de Emile Hirsch, Dakota Fanning, Luke Perry (que faleceu antes do filme estrear em Cannes, em maio deste ano) e a veterana Brenda Vaccaro. Um filme a ver com um pouco de saudade da velha Hollywood.

Onde assistir