Dissonantes terá “Sons de um Brasil Instrumental” no Café da Gente

0
Unindo jovens músicos com personalidades e contextos musicais diversos, a Dissonantes surgiu em 2017, em Aracaju (Foto: Divulgação)

Nesta sexta-feira, 15, o Café da Gente receberá pela primeira vez a banda instrumental Dissonantes, a partir das 20h. Com sonoridades que passeiam pelo Jazz, Soul, Samba, Bossa-Nova, Baião, Maracatu e outros gêneros, o show “Sons de um Brasil Instrumental” mesclará grandes referências de compositores brasileiros, como Chico Buarque, Hermeto Pascoal, Tom Jobim, Villa-lobos, Dominguinhos, Luiz Gonzaga e Gilberto Gil, com composições autorais do grupo.

A noite terá ainda as participações especiais da cantora lírica Mirella Freitas e do clarinetista Felipe Freitas. “Temos planos para ainda este ano expandirmos fronteiras de propagação do nosso som e gravarmos o nosso primeiro EP, com músicas autorais. Nossas referências derivam primeiro da música erudita e, logo em seguida, dos diversos ritmos e gêneros da maravilha que é a música brasileira”, conta o flautista Daniel Melo.
Unindo jovens músicos com personalidades e contextos musicais diversos, a Dissonantes surgiu em 2017, em Aracaju. Em sua breve trajetória, já marcaram passagem no grupo de Choro do Conservatório de Música de Sergipe, no projeto “Quinta Instrumental” (do Centro Cultural de Aracaju), no Sescanção 2018, e no Festival de Artes de São Cristóvão (FASC), ainda em 2018. A banda é composta por Daniel Melo (flauta transversal), Rafael Freitas (violão), Erick Freitas (piano) e Kelvin Cruz (bateria).
SERVIÇO
“Sons de um Brasil Instrumental”: Dissonantes no Café da Gente
Data: 15 de fevereiro (sexta)
Local: Café da Gente (anexo ao Museu da Gente Sergipana)
Horário: 20h
Entrada: R$ 20 (crianças até 5 anos não pagam)
Onde comprar: bilheteria do evento
Classificação Livre
Fonte: assessoria de imprensa

 

Comentários