Exposição que retrata cultura de Indiaroba está em cartaz até dia 9

0
Exposição está em cartaz até dia 9 de agosto (Foto: Funcap)

A exposição fotográfica intitulada de “Indiaroba – Terra do Divino” está em cartaz até o dia 9 de agosto no no Museu Olímpio Campos. O evento marca o retorno do Projeto ‘Culturart no Pálacio’, promovido pelo Governo do Estado, através da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe (Funcap).

A exposição reúne 21 registros marcantes dos fotógrafos Seiji Hiratsuka (curador), Marx Dantas, Bruno Silva, Gilton Rosas, Esdras Lessa, Kaio Spínola, Pedro Noronha, Amós Araújo e Alex Cordeiro. A visitação pode ser feita de terça às sexta-feiras das 10h às 17h e aos sábados das 9h até às 13h. A entrada é franca e livre para todas as idades.

A presidente da Funcap, Conceição Vieira falou sobre a oportunidade de recepcionar e compartilhar um pouco do que representa a expressão cultural de Indiaroba. “Essa exposição enaltece o Divino e a história cultural de Indiaroba. É importante essa parceria com o Governo do Estado, que tem como intuito mergulhar na concepção dessa simbologia, da religiosidade, da espiritualidade do povo, que é enaltecido nessa celebração e é nossa obrigação cultuar essa tradição e dar visualidade à arte”, destacou.

Para o prefeito de Indiaroba, Adinaldo Nascimento Santos, os registros e a exposição são de grande relevância para o município. “É uma oportunidade histórica porque traduz uma das principais fortalezas culturais do nosso povo, tanto do ponto de vista religioso como imaterial. Uma ocasião de divulgarmos nossa cidade, nossa cultura e todo esse encantamento que é a festa do Divino Espírito Santo”, pontuou o prefeito.

De acordo com o diretor do Museu Olímpio Campos, Alberto Araújo Silva a exposição é uma grande oportunidade de a população conhecer mais sobre a cultura sergipana. “Essa demonstração é uma grande força da nossa cultura e nós ficamos muito agradecidos a nossa presidente Conceição Vieira por incentivar e apoiar essa grande manifestação cultural. É importante que o povo sergipano venha ver o que é essa exposição e o que é o Museu Olímpio Campos”, ressaltou.

Com informações da Funcap

Comentários