MADAGASCAR

0

(Madagascar). EUA, 2005. Direção de Eric Darnell e Tom McGrath. Roteiro de Mark Burton e Billy Frolick. Produção de Teresa Cheng e Mirelle Soria. Música de Hans Zimmer. Desenho de Produção: Kendal Cronhite Shaindlin.Montagem de H. Lee Peterson. 86 min, livre. Cia. Produtora: Dreamworks Animation e Pacific Data Image (PDI). Distribuição no Brasil: Dreamwork/UIP.

Gênero: Aventura em desenho animado.

Sinopse – O leão Alex é a grande atração do zoológico do Central Park, em Nova York. Ele e seus melhores amigos, a zebra Marty, a girafa Melman e a hipopótamo Gloria, sempre passaram a vida em cativeiro e desconhecem o que é morar na selva. Curioso em saber o que há por trás dos muros do zoológico, Marty decide fugir para explorar o mundo. Alex, Gloria e Melman decidem também partir à sua procura. O trio encontra Marty na estação do metrô Grand Central, mas antes que consigam voltar para casa são atingidos por dardos tranqüilizantes e capturados. Eles são embarcados em um navio rumo à África e, depois de muita aventura, vão parar na ilha de Madagascar.

Apreciação – O “cartoon” ganha status de superprodução. Aqui em Aracaju ele estréia em três salas do Cinemark e mais uma do Moviecom. Mas, só nos chegam cópias dubladas – assim perdem-se as vozes de Ben Stiller, Chris Rock, David Schwimmer, Jada Pinket Smith, Andy Richter, Ali G e Cedric The Entertainer. Dirigido pelo mesmo autor de “FormiguinhaZ”, a crítica, porém, não morreu de amores por este “Madagascar”. Dizem que se os desenhos e até a direção tem valores, o roteiro carece mais consistência. Há quem diga que, se “Madagascar” tivesse sido feito em 1995 antes, portanto, por exemplo, de “Shrek”, seria classificado de obra-prima. Feito agora, é apenas um filme passável. Mas, a gurizada deve gostar imensamente.

Fique de Olho – Na trilha sonora de Hans Zimmer. Se ele é um mestre da música no cinema, sua colaboração em um “cartoon” é inestimável.

Comentários