Matadores de velhinhas estão trabalhando

0

Não se trata de saudosismo, não, mas a primeira versão de “Matadores de Velhinhas”, chamada de “Quinteto da Morte”, com um impagável Alec Guinnes, era bem melhor. De qualquer forma, dá para se divertir com o filme de agora.

 

Matadores de Velhinhas – Refilmagem de uma das melhores comédias inglesas jamais produzidas, integrantes do ciclo do Ealing Studios, que entre 1945 e 1955 dominou a produção do Reino Unido.

 “Quinteto da Morte”, de Alexander MacKendrick, tinha uma interpretação admirável de Alec Guinnes, no papel que agora é feito por Tom Hanks. Em termos comparativos, Hanks não está mal, mas perde feio para Guinnes.

Basicamente, a história do novo filme, dirigido e produzido pelos irmãos Coen, Joel e Ethan, é a mesma do original: um sujeito aluga um compartimento de uma casa habitada apenas por uma senhora de idade (na nova versão, de cor e não tão velhinha assim), dizendo que é para ensaiar uma orquestra. De fato, outros quatro “integrantes” da orquestra passam a freqüentar a casa.

Mas, na verdade, o barulho dos ensaios encobre a abertura de um túnel que os levará a um cassino. Estes experimentados ladrões não contavam com a curiosidade da tal velhinha, que põe o plano todo a perder (papel da pouca conhecida Irmã P. Hall).

Não deixa de ser divertido, agradável de ver – mas, ah!, que saudade da versão antiga. Estréia sábado as 21h no HBO.

 

Blind Flight – Uma incógnita – e a nossa indicação vai justamente por conta disso. A emissora que vai exibi-lo, Cinemax, na 2ª feira às 6h30 da manhã, não informa o país de sua procedência – parece ser uma co-produção entre a Inglaterra e o Líbano.

Dirigido pelo desconhecido John Furse, é a história de um professor, Brian Keenan, que deixou Belfast, para ir ensinar inglês no Líbano, onde se desenrolava uma guerra cruel (o ano é 1985). Os atores também são desconhecidos: Bazssem Breish, Dany El Khoury, menos o veterano Ian Hart. Quem quiser experimentar…

 

Punhos Rosas – Drama espanhol, dirigido por Beto Gómez sobre um jovem, Jimmy Morales, amante do pugilismo, que trabalha na funerária da família. Um dia, ele presencia o assassinato de um cidadão, mas o criminoso o deixa fugir. Os dois vão se encontrar na prisão – e, naturalmente, vão tirar a diferença numa luta de boxe. Com José Yenque, Rodrigo Oviedo e a veterano Isela Veja. Passa no Cinemax as 22h no Cinemax.

Comentários