O FILHO DA NOIVA (El Hijo de la Novia)

0

Dê uma atenção toda especial a este filme de Juan José Campanella, quando nada, pela sua procedência. É um dos raros filmes feitos na Argentina a ganhar exibição comercial no Brasil, isto depois, de conquistar alguns kikitos no Festival de Cinema de Gramado, há dois anos atrás. “O Filho da Noiva” é também um campeão de bilheteria na Argentina e tem granjeado opinião favorável da crítica por onde tem passado. Então, por todos os motivos, é bom prestar atenção nesta produção. O título pode dar a falsa impressão de uma comédia, mas na verdade, é um drama sobre o dono de um restaurante que, estressado, resolve abandonar o negócio e fazer um acerto de conta com o passado, aí incluindo a ex-mulher. Paralelamente corre a história de um casal já idoso, cuja mulher está em coma no hospital, sofrendo do mal de Alzheimer. Ela é visitada todos os dias pelo marido que, embora já velho, adoraria tornar realidade um sonho da mulher: casar-se no religioso. Como o dono do restaurante é filho dos dois, vai tentar resolver a questão. A crítica destaca que o filme tem um quê de novelão, mas vai mais longe ao observar com elegante humor e calmaria a Buenos Aires de hoje. Fique de Olho – Em dois dos melhores atores do cinema argentino de hoje. Ricardo Darin vem de “Nove Rainhas” e Norma Aleandro, a sensível interprete de “A História Oficial”. Hector Alterio e Natalia Verbeke completam o elenco. Site Oficial

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais