O Silêncio do Céu

0

Brasil, Uruguai, 2015. Direção de Marco Dutra.  Roteiro de Cassiano Gotardo, Lucia Puenzo e Sérgio Bizzio. Produção de Diego Robino. Direção de Fotografia: Pedro Luque. Montagem de Eduardo Aquino. Música de Guilherme e Gustavo Garbato. 102m, 12 anos. Cia. Produtora: Camisa Treze Cultural e RT Feaures. Distr. nos cinemas: Vitrine Filmes. Com Caroline Dieckman, Leonardo Sbaraglia, Ariel Caldarelli, Chino Darin, Dylan Cortes, Fernando Oliveira, Álvaro Armand Ugón, Gabriel Alves, Gabriela Freire, Hugo Piccinini, Jean Michel Cerf, Marco Dutra, Maria Mendive, Mirella Pascual, Paula Cohen, Priscila Bellora, Roberto Suarez, Sebastian Ulvengren, Susana Groisman e Walter Reyer.

Gênero – Drama

Sinopse –  Após ser vítima de um estupro dentro de sua própria casa, Diana escolher manter o trauma em segredo. Mário, seu marido, também tem algo a esconder, pois ele viu a cena. O silêncio que toma conta do casal ao longo dos dias se transforma, aos poucos, em uma peculiar forma de violência.

Apreciação – O filme abre com a cena do estupro, o que, de certa maneira, pode chocar aos espectadores mais sensíveis. Mas o que se segue é o estudo de dois personagens que se impõem ao silêncio, um esperando pelo outro pela revelação do que de fato aconteceu. Co-produzido com o Uruguai, o filme de Marco Dutra – autor de “Trabalhar Cansa” e “Quando eu era vivo”, ambos inéditos por aqui – é um estudo sobre duas pessoas que formam um casal que erguem, um contra o outro, um muro de silêncio que vai tornando o ar cada vez mais reprimido. “É sensível como o cineasta evita a exploração sensacionalista da violência, assim como o uso fetichista do tema, usando apenas fortes fragmentos daquele ato para mostrar a sua crueldade”, diz Nayara Reynaud em sua crítica. A roteirista Lucia Puenzo já dirigiu filmes anteriormente, um deles “XXY”, uma produção argentina.

Fique de Olho – Na bela Carolina Dieckman que é mais explorada  pela televisão do que pelo cinema. 

Comentários