Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood

0

Brasil, 2016. Direção de João Daniel Tikhomiroff. Roteiro de Mauro Lima. Produção de Eliane Ferreira, Hugo Janeba, João Daniel Tikhomiroff e Michel Tikhomiroff. Direção de Fotografia:  Hélcio Alemõ Nagmine. M ontem de Letícia Giffoni. Música de Marcelo Castro. 99m, Livre. Cia. Produtora:  Globo Filmes. Distr. nos Ci nemas: Paris Filmes. Com Renato Aragão, Dedé Santana. Leticia Colina, Aline Morais, Livin Aragão, Marcos Frota, Marcos Veras, Maria Clara Gueiros, Nelson Freitas, Rafel Vitti, Roberto Guilherme.

Gênero – Comédia

Sinopse – Didi Mocó e Karina têm a difícil missão de mudar o Grande Circo Sumatra a sair de uma grave crise. Quando Barão, dono do circo, aceita propost as de um gosto do corrupto prefeito d cidade, eles decidem se reunir par montar um novo número e voltar a atrair o público. Os sonhos malucos de Didi, quando ele “conversa” com animais, servem de pauta inicial. Mas, além do prefeito, eles ainda terão que enfrentar a arrogância do gerente  do circo, Assis Satã e sua cúmplice, Tigrana, para tentar salvar o circo.

Apreciação – 50º filme da turma de Didi, conhecida por Os Trapalhões. Desde que saíram da programação da Rede Globo,  os Trapalhões entraram no ostracismo. De vez em quando anunciava-se a volta de Didi Mocó em novas aventuras, que é o que ocorre agora. A ingenuidade do grupo Os Trapalhões continua dando as cartas. O compositor Chico Buarque compôs uma nova música para este filme. A trilha sonora é praticamente a mesma do primeiro “Saltimbancos Trapalhões”. O diretor Tikhomiroff, que é russo de nascimento, não tem nada a ver com os filmes  do passado do grupo Trapalhões.

Fique de Olho – Em Livian Aragão, a filha adolescente de Renato Aragão.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais