250 famílias temem ordem de despejo

0

As 250 famílias receberam ordem de despejo Fotos: Portal Infonet

As 250 famílias que ocupam uma obra inacabada de um hotel na Orla de Atalaia, zona sul da capital, estão temerosas com o destino que devem ter,  caso a ordem de despejo expedida por meio de decisão judicial se confirme. Segundo o documento as famílias devem deixar o local até a próxima quarta-feira,23.

De acordo com o representante do Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos (Motu), Antônio da Silva, o movimento recebeu a ordem de despejo para deixar o local, mas a orientação é que as famílias permaneçam no hotel até que tenham outro local seguro para morar.

“Nós temos um compromisso com essas pessoas e não vamos deixar elas na rua sem ter para onde ir. Essas pessoas confiaram no movimento e não vamos decepcionar porque são pais e mães de família que vieram para cá porque não tem para onde ir”, afirma Antônio salientando

Suely mostra parte da família
que as famílias estão no hotel porque não podem pagar um aluguel.

“Essas famílias não estão aqui brincando, elas não vão pegar uma casa e vender, são crianças, adultos e idosos que precisam de um lugar seguro para morar porque não podem pagar um aluguel”, critica.

Para a dona de casa Suely Nascimento de Lima, de 56 anos, conta que antes de morar no hotel, estava em um quarto de vila no Siqueira Campos pagando R$150. Preocupada com a ordem de despejo Suely explica que a renda que possui vem do programa bolsa família e uma pensão do marido já falecido de R$150.

A senhora que toma conta de cinco netos após a morte de um filho aos 36 anos, vítima de infarto, não esconde a preocupação se não tiver para onde ir. “Estou aqui porque não tenho casa própria, cuido dos meus netos porque o pai faleceu, tenho muitos problemas de saúde e não sei o que será se tivermos que sair daqui”, lamenta Suely.

No mês passado o Portal Infonet mostrou a situação das famílias que ocupam dois galpões no bairro Siqueira Campos. Uma resistência que já dura dois anos.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais