841 inquéritos policiais foram encaminhados ao Poder Judiciário no mês de julho

0

2ª DM encaminhou 24 inquéritos a Justiça
Dando continuidade à política de publicidade das atividades e ações da Polícia Civil de Sergipe, a Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim) divulgou nesta segunda-feira, 16, os números referentes ao mês de julho de 2010 que demonstram uma positiva estabilidade na produção cartorária em algumas unidades policiais civis.

Foram encaminhados ao Poder Judiciário um total de 841 inquéritos concluídos, com ou sem autoria definida. Dentre as delegacias metropolitanas que mais remeteram procedimentos, destacam-se, mais uma vez, a 2ª Delegacia Metropolitana, em primeiro lugar, com um total de 24 inquéritos encaminhados, seguida da 1ª Delegacia Metropolitana com 22 feitos e, em terceiro lugar, a 3ª DM com 20 procedimentos enviados.

“A proximidade dos números revela uma regularidade no que se refere ao empenho e dedicação que essas três unidades objetivam manter como norte na busca pela solução que seja, ao mesmo tempo, célere e pautada em indícios ou provas que fundamentem a conclusão dos inquéritos”, explicou o assessor técnico da superintendência, delegado José Inephanio.

Já no que se refere as unidades especializadas da Polícia Civil, os destaques anteriores se repetiram. O Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), mais uma vez se destacou positivamente, ao ter encaminhado um total de 100 Inquéritos ao Poder Judiciário. “Imprescindível asseverar que uma parcela desse desempenho demonstrado pela DAGV deveu-se ao apoio e reconhecimento social que este Órgão alcançou ao longo dos anos, o que possibilitou o aumento da sua credibilidade no seio social”, explicou Inephanio.

Somado a isso, a certeza da realização de um trabalho profissional e obstinado contribuiu, significativamente, para que as denúncias pudessem ter um incremento bastante relevante, o que, por sua vez, incentiva todos os profissionais que vivenciam a prática de crimes desta natureza a sempre buscar a excelência no cumprimento dos seus deveres. Em segundo lugar ficou a Delegacia de Turismo “DETUR”, com 43 procedimentos enviados e, em terceiro, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que enviou 33 inquéritos à Justiça.

Já entre as unidades policiais das cidades do interior de Sergipe, mais uma vez a delegacia da cidade de Boquim, coordenada pelo delegado Dernival Eloi, alcançou a primeira posição no número de procedimentos encaminhados, com 50 inquéritos enviados ao Poder Judiciário. As unidades da cidade de Itabaiana, com 36, e Estância com 26, tiveram, também, bons desempenhos.

”Destacamos, como antes já explicado pelo superintendente João Batista, que, mais do que tornar público o desempenho cartorário das unidades policiais civis de todo o Estado, o relatório, meio pelo qual se obteve os dados acima expostos, deve ser analisado e interpretado como um instrumento para conhecimento das realidades de cada região metropolitana e cidades do interior, devendo-se, portanto, levar em consideração o quantitativo populacional e a realidade social. O objetivo da contagem e da divulgação dos dados é a detecção de pontos fracos e a busca pela sua extinção, almejando tornar a Polícia Civil cada vez mais eficiente e inserida na sociedade”, finalizou Inephanio.

Fonte: SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais