Abertura oficial do Projeto Rondon é realizada

0

Abertura oficial do Projeto Rondon (Fotos: Portal Infonet)
O Projeto Rondon, que neste ano de 2011 está sendo sediado no Estado de Sergipe, pela Universidade Tiradentes (Unit), onde aconteceu na manhã desde sábado, 22, a abertura oficial de suas atividades no teatro da própria universidade.

Para dar início à abertura, a pesquisadora da Unit, Maria Lúcia Marques apresentou o projeto Sergipe Panorâmico – uma breve discussão sobre a ocupação territorial sergipana. No evento de abertura, estavam presentes cerca de 400 rondonistas, como são chamados os alunos e professores universitários que participam do projeto, de universidades espalhadas por todo o país.

Eles participarão da “Operação Rio dos Siris”, que engloba os municípios: Aquidabã, Arauá, Brejo Grande, Capela, Cristinápolis, Gararu, Ilha das Flores, Japoatã, N. Srª Aparecida, N. Srª de Lourdes, N. Srª Da Glória, Pacatuba, pedrinhas, Porto da Folha, Poço Redondo, Riachão do Dantas, Santa Luzia do Itanhy, Santana do São Francisco, Umbaúba e Tomar do Geru.

Coordenador Geral do Projeto pelo Ministério da Defesa, Brigadeiro Luiz Veríssimo
Na composição da mesa de abertura da operação estiveram presentes representantes das Forças Armadas (Aeronáutica, Marinha e Exército) junto com o reitor da Universidade Tiradentes, Jouberto Uchôa. Para o reitor, é de real importância para Sergipe que a universidade sedie um projeto como esse. “Os alunos vão levar orientação, crescimento e colaboração para esses lugares, é muito importante que eles registrem melhorias nessa região”, diz o reitor. A responsável pelo projeto na Unit, Edilene Gomes, conta que pela 5ª vez a universidade participa do projeto.

O coordenador Geral do Projeto, Brigadeiro Rogério Luiz Veríssimo, falou sobre a relevância do projeto e seu grande foco. “Esse projeto visa promover a participação do estudante, uni-los de forma voluntária para fortalecer o sentido de cidadania e responsabilidade social”, afirma.

Atividades

Os alunos participantes do projeto irão viajar no próximo domingo, 23, para as cidades do interior de Sergipe e permanecem em atividades por duas semanas. Junto com os rondonistas, equipes do de organização militar seguirão para dar apoio ao projeto.

Rondonista e professor universitário Sílvio Luiz

O rondonista e professor Sílvio Luiz Rutz,  da Universidade Estadual de Ponta Grossa, localizada no Paraná, que trabalha com projeto de extensão há mais de 10 anos, frisa que o Projeto Rondon é hoje, o maior projeto de extensão universitária do Brasil. “É muito interessante porque permite uma visão diferente no nosso país”, aponta o professor que embarca amanhã para o município de Santa Luzia do Itanhy.

Por Danielle Menezes e Bruno Antunes

Comentários