Ação policial contra suspeitos de explodir bancos deixa seis mortos

0
Armamento apreendido na operação em Lagarto (Foto: Ascom SSP)

Uma operação policial articulada entre as Secretarias de Estado de Segurança Pública dos Estados da Bahia e Sergipe para desarticular uma suposta quadrilha, que estaria planejando explodir agências bancárias em Sergipe, culminou com a morte de seis suspeitos. A operação aconteceu na zona rural do município de Lagarto, onde a quadrilha estava concentrada, preparada para explodir agências bancárias na cidade de Simão Dias, que deveria ocorrer na madrugada desta quinta-feira, 4.

Conforme a assessoria de imprensa da SSP de Sergipe, nesta operação, outros três suspeitos estão presos e foram apreendidos armamentos de alta precisão de uso restrito de grupos especiais de elite das forças armadas brasileiras, a exemplo de fuzil AR 15, além de uma quantidade expressiva de explosivos.

A quadrilha, conforme a assessoria de imprensa da SSP, estava sendo monitorada por um grupo de policiais militares do Estado da Bahia. Os policiais baianos identificaram que os suspeitos estariam em solo sergipano e a operação conjunta foi articulada para desarticular aquele grupo criminoso. Conforme a SSP, o grupo já estava se preparando para executar a explosão de agências bancárias na cidade de Simão Dias, que aconteceria na madrugada desta quinta-feira, 4.

Parte do grupo esteve na cidade observando a movimentação esta semana, mas não executaram o plano porque nem todos os integrantes da organização criminosa teriam chegado ao ponto de apoio, que seria duas propriedades localizadas na zona rural de Lagarto, segundo a assessoria da SSP de Sergipe.

Os detalhes da Operação serão revelados em entrevista coletiva que a SSP está organizando para esta quinta-feira.

por Cassia Santana

 

Comentários