“Acorda Aracaju”: Tempo de espera em terminais é de 1h

0
Espera no terminal do centro é de 1h (Fotos: Portal Infonet)

Em mais de um dia de manifestação do movimento “Acorda Aracaju”, os terminais rodoviários registram grande movimento, já que muita gente decidiu voltar para casa antes que a manifestação começasse. Nos terminais do Centro e nos pontos de táxi lotação, o fluxo de passageiros foi ainda maior. A espera pela condução chega a uma hora.

A dona de casa Adeni Meneses reclamou da demora do ônibus que segue para o Bairro América. Ela conta que chegou ao terminal por volta das 16h e já guardava por mais de 50 minutos pelo transporte. “Eu resolvi voltar para casa antes da manifestação, mas não teve jeito, estou aqui há um bom tempo e nada do ônibus”, reclamou.

Além de Adeni, os demais usuários de transporte também reclamaram da demora. Antônio Silva disse que o sistema de transporte já é deficiente e se mostra ainda mais, quando não se prepara para um evento de grande porte. “Eu já sabia que isso poderia acontecer. Mas se eles já sabiam da manifestação porque não se prepararam para aumentar a frota ou realizar um esquema de desvios? Isso só mostrar a ineficiência do transporte”, desabafou o eletricista.

Pontos de taxi lotação já tem fila 

Lotação

Os pontos de taxi lotação já registram grande movimento desde as 15h. De acordo com um dos motoristas, devido ao transito lento, por conta das manifestações, os carros chegaram a atrasar mais de uma hora. A estudante Ana Lícia Silva disse que estava na fila de espera de um taxi há mais de uma hora. “Vou para o bairro Sanatório, tentei fugir do coletivo e tentar o taxi lotação, mas não teve jeito. Agora só me resta esperar”, lamentou.

Lojas

As lojas do centro da cidade já estão de portas fechadas desde as 16h. As lojas de utilidades, eletrodomésticos, supermercados, estabelecimentos de confecções e joalherias também fecharam as portas nesta terça-feira. Os lojistas temem depredações e arrombamentos.

SMTT

Adeni Meneses "Estou esperando pelo ônibus há 1h"

A assessoria de comunicação da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) explicou que os ônibus não deixarão de circular pela cidade, exceto nos locais onde passarão os manifestantes, para evitar possíveis conflitos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais