Acrísio Cruz é homenageado com busto de bronze

0

Foi descerrado na manhã de hoje, 31, o busto de bronze em homenagem ao ex-parlamentar e educador

O prefeito Edvaldo Nogueira entre as duas filhas de Acrísio Cruz, e atrás o busto de bronze 
Acrísio Cruz. O busto está localizado na Praça da Imprensa, na avenida que leva o mesmo nome do homenageado, que completaria hoje 100 anos. Na cerimônia estavam presentes o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, o vereador que propôs a homenagem, Evandro Franca, assim como os descendentes de Acrísio Cruz, e seus contemporâneos.

“Todas as homenagens feitas ao meu pai demosntram que quando a gente anda corretamente temos o retorno da sociedade. Essa homenagem foi singela e elegante” comentou a professora Drª Marta Cruz, ex pró-reitora da Universidade Federal de Sergipe.

“Acrísio foi um sergipano que orgulha todos nós. Se hoje, falar de desenvolvimento econômico sustentável é atual, Acrísio já falava na década de 40”, declarou Edvaldo Nogueira. “É preciso homenagear as pessoas que fizeram esse estado. Temos que ter a capacidade de cultuar os que contribuíram de forma amada sempre” concluiu.

Acrísio Cruz nasceu em Laranjeiras, em 1906. Escreveu e publicou livros didáticos de ciências e de língua portuguesa. Foi o diretor do Departamento de Educação durante o governo de José Rollember Leite (1947-1951), criando projetos como de escolas no interior, e reformas curriculares. Trabalhou na redação do Diário de Sergipe e foi diretor da rádio Liberdade. Esteve na Assembléia Legislativa como deputado durante o período de 1951 a 1955. Faleceu em Aracaju, em 1969, deixando duas filhas, a procuradora Maria Luísa Cruz, e a professora Marta Cruz.


 

Matérias Relacionadas

Acrísio Cruz e uma orquestra de quatro garotos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais