Acusado de aterrorizar povoado em Itabaiana é preso

0
Homem está detido na Delegacia de Itabaiana (Foto: arquivo Infonet)

Um ex-presidiário acusado de aterrorizar moradores do povoado Cabeça do Russo, em Itabaiana, foi preso na tarde desta quarta-feira, 22, depois de ter assaltado um micro-ônibus do transporte alternativo.

De acordo com o Major Reinaldo Chaves, o criminoso identificado como Nivalnir de Jesus, 41, foi posto em liberdade no último dia 10 de maio após ter cumprido pena no Presídio Carvalho Neto pelo crime de roubo qualificado. “Desde que foi solto, ele vinha aterrorizando o povoado, assaltou escolas, levando galinhas e panelas das casas, batendo nas pessoas e causando um verdadeiro pânico na comunidade. Sem falar que há três anos, ele estuprou uma senhora”, explica o major.

Nivalnir foi identificado através de denúncias que possibilitaram a polícia obter sua foto. A PM montou campanhas desde a madrugada e por meio da denúncia de um passageiro, que presenciou o assalto cometido por Nivalnir a um ônibus do transporte coletivo, a prisão foi realizada.

“Ele foi preso dentro de uma residência no povoado Portelinha, em Frei Paulo. Com Nivalnir, fooi apreendida uma faca, além de R$ 364, fruto do assalto ao micro-ônibus, escondidos dentro de uma carne no congelador da geladeira”, conta o major. O criminoso foi encaminhado à Delegacia do Município de Itabaiana e permanece à disposição da justiça.

Prisão de jovens

Dois jovens também foram presos na noite tarde desta terça-feira, 22. Eles foram abordados em uma localidade conhecida como Invasão do Inferninho, em Itabaiana. Com a dupla, a polícia apreendeu quatro pedras de crack. Na casa deles, também foram encontrados 211 papelotes de maconha, 54 pedras de crack e 4 cápsulas de cocaína. A moto shineray que estava com os rapazes foi fruto de um roubo ocorrido na noite do dia 20.

Por Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais