Acusado de crimes é morto em Boquim

0

Foi morto na noite de quarta, 7, no povoado Cipó, em Boquim, o jovem Gabriel de Jesus Santos, 19 anos, alvejado com cinco tiros. Apesar da pouca idade, o rapaz colecionava uma extensa lista de procedimentos na delegacia de Estância, sua cidade natal. Contra ele pesam suspeitas de roubos, assaltos, homicídios e latrocínio.

Uma característica das ações criminosas de Gabriel, segundo o delegado de Estância, João Eduardo, era manter suas vítimas, a maioria pessoas humildes da zona rural, em cárcere privado, as obrigando a cozinhar para ele e seus comparsas. O jovem já foi internado duas vezes no Centro de Atendimento ao Menor (Cenam), mas conseguiu fugir nas duas oportunidades.

Apesar de ter cometido crimes na cidade estanciana, a morte de Gabriel será investigada pela delegacia de Boquim, onde ocorreu o crime. A delegada Flávia Cristina Oliveira Félix vai comandar as investigações. “As primeiras informações dão conta de que ele tinha vários inimigos, e por isso fugiu para Boquim, mas foi pego”, detalha Flávia.

Testemunhas do crime já afirmaram à polícia que os assassinos do jovem fugiram em um veículo com placa de Estância.

Por Glauco Vinícius

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais