Acusado de estupro é preso no aeroporto de Aracaju

0
Acusado de estuprar garota de 17 anos é preso pela Polícia Civil (Foto: Reprodução SSP/SE)

Policiais civis da Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) prenderam na madrugada desta quinta-feira, 14, o ex-presidiário Adelvano Vieira de Oliveira, de 41 anos. Ele é acusado pelo crime de estupro contra garota de 17 anos, no bairro Santa Maria, zona sul de Aracaju, no dia 18 de abril.

A prisão foi efetuada no Aeroporto Santa Maria. Adelvano tinha intenção de viajar para São Paulo quando foi abordado pelos policiais. “A partir dos esclarecimentos prestados pelas vítimas, iniciamos as diligências minuciosas, e hoje conseguimos identificar e prendê-lo preventivamente enquanto fazia o check-in com passagem comprada pro estado de São Paulo”, explica a Delegada responsável pela prisão, Mariana Diniz.

De acordo com depoimento da delegada, Adelvano invadiu uma residência, roubou itens da casa, manteve a garota e um amigo dela como reféns, e a estuprou no quintal da casa. “Após um descuido do acusado, os jovens conseguiram escapar. Os vizinhos acionaram a polícia, e Adelvano fugiu do local deixando para trás alguns objetos que tentou roubar da casa ”, complementa Mariana.

Delegada responsável pela prisão prossegue com investigações

Adelvano estava em liberdade do sistema prisional desde fevereiro desse ano, quando terminou de cumprir pena de seis anos por estupro. Ele também já respondeu por crimes de homicídio, tráfico de entorpecentes e porte ilegal de arma, no Estado de Alagoas.

Segundo a delegada, o acusado não resistiu a prisão, mas nega ter cometido os crimes. “As investigações continuarão com possibilidade de identificarmos novas vítimas. Quem tiver informação ou denúncia para fazer sobre Adelvano, podem nos procurar ou ligar 181, o disk denúncia anônima. O importante é que as informações cheguem até a gente. Vale frisar que ele voltou a cometer o mesmo tipo de crime mesmo estando tão pouco tempo em liberdade”, conclui a delegada.

O acusado encontra-se preso e está à disposição da Justiça. Ele será indicado pelos crimes de roubo e estupro.

Por Ícaro Novaes e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais