Acusado de matar ex-sogra e violentar ex-namorada recebe 44 anos de prisão

0

Acusado fugiu da penitenciária em 2005
O julgamento de Albano Fonseca, acusado de matar a ex-sogra e violentar a ex-namorada em novembro de 2003, aconteceu nesta sexta-feira, 18. O réu, que não participou do julgamento por estar foragido, foi condenado a 44 anos de prisão: 30 anos por homicídio, 10 por estupro e 4 anos por furto.

O crime aconteceu no bairro Pereira Lobo, em novembro de 2003, e chocou a população local. A professora I.T.M era ex-namorada de Albano e afirmou, em entrevista concedida ao Portal Infonet em 2004, que ele não aceitava o fim do relacionamento. Antes de matar a ex-sogra, o acusado violentou e agrediu a professora com tapas e socos.

I.T.M. disse na época do ocorrido que a alegação de Albano de que ele cometeu o crime sob efeitos alcoólicos é falsa. Ela diz que o crime foi premeditado e que o acusado matou a ex-sogra por vingança.

Albano Fonseca chegou a ser preso, mas fugiu do Complexo Penitenciário Carvalho Neto em 2005 e ainda não foi recapturado. Um novo mandato de prisão foi expedido contra o Albano.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais