Adema reinsere 23 aves na natureza após entregas voluntárias

As equipes de fauna da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) pôs à soltura, em área de reserva ambiental, 23 aves de sete espécies que passaram a ter de volta a liberdade para cruzar os céus, respeitando a ordem natural que é de estarem integradas à natureza.

As aves libertadas são oriundas de entregas voluntárias e apreensões realizadas pelas equipes de fauna do órgão ambiental, e, por apresentarem algum tipo de enfermidade, a exemplo de asa quebrada ou machucada, dificuldades para alçar vôos, lesões e escoriações, foram encaminhadas ao Centro de Tratamento de Animais Silvestres (Cetas), localizado no Parque da Cidade, no bairro Industrial, onde passaram pelo processo de  reabilitação.

Os profissionais da Adema devolveram ao habitat natural, um sabiá (Turdidae), dois cravinhos (Coryphospingus Pileatus), quatro assanhaços (Thraupis), quatro canários da terra (Sicalis flaveola), quatro Jesus meu Deus, ( Zonotrichia Capensis), quatro rolinhas do Pará( Columbina) e quatro viuvinhas ( Colonia Colonus).

A Adema ressalta a população que ao encontrar qualquer tipo de animal silvestre,  não deve manusear, tentar alimentar ou medicar estes animais, apenas acionar as equipes especializadas do órgão para fazer o resgate ou apreensão, por meio do telefone (79) 9 9191-5535. O mesmo número também serve para agendar a entrega voluntária desse tipo de animal.

Fonte e foto: Sedurbs

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais