Adema vistoria praias para identificar vestígios de vazamento de óleo

0
Adema vistoria praias para identificar vestígios de vazamento de óleo (Foto: Adema)
Equipes percorreram extensão das praias com drone (Foto: Portal Infonet)

As circunstâncias acerca do surgimento de uma mancha de óleo que apareceu na praia da Atalaia na última terça-feira, 8, seguem sendo averiguadas pela Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema). Durante esta terça-feira, 9, uma equipe técnica do órgão percorreu boa parte da extensão litorânea da capital, desde o trecho da Aruana até a orlinha da Coroa do Meio.

O objetivo era encontrar os resquícios da mancha, visto que o material foi totalmente retirado da praia pela Petrobras. A origem do material é desconhecida, e a empresa fez recolhimento para promover uma análise sobre sua procedência.

Juliana Barreto comentou que ainda não se sabe origem do vazamento (Foto: Portal Infonet)

A técnica da Adema Juliana Barreto comentou que não foi possível ter uma ideia, a princípio, do tipo de óleo que foi encontrado, apesar de parecer borra de petróleo. “Viemos novamente fazer a vistoria, para ver se tinha alguma coisa. Até agora, não vimos. Houve limpeza de ontem e hoje. Até então, não se sabe de onde veio, já que a própria Petrobras informou que não houve nada de anormal nas plataformas”.

Com o apoio de um drone, a equipe obteve imagens aéreas de parte da faixa litorânea, mas nada foi encontrado. Ainda não há uma estimativa de quando a Adema receba esse laudo.

Petrobras

O Portal Infonet entrou em contato  via e-mail com a assessoria de Imprensa da Petrobras para obter informações sobre o vazamento e aguarda uma posição. A reportagem fica à disposição pelo telefone (79) 2106-8000 e e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Por Victor Siqueira

Comentários