Adolescente é assassinado no Rosa Elze

0

Hoje, Michael dos Santos completaria 15 anos, mas uma bala atravessou o seu destino na véspera da comemoração à noite, por volta das 21h. Ele foi assassinado em circunstâncias ainda misteriosas e a Polícia trabalha com duas linhas de investigação. De acordo com as primeiras investigações, o garoto era envolvido com roubos, sempre praticados com uso de armas e contra estudantes da Universidade Federal de Sergipe, e há suspeita que haja vínculo com o comércio de drogas.

O corpo de Michael foi localizado logo após o crime na praça principal do Rosa Elze. Há informações que o garoto teria sido alvejado por tiros disparados por dois homens que ocupavam uma motocicleta. Mas também há a informação que a morte de Michael teria ocorrido durante uma tentativa de roubo.

Esta versão indica que ele estaria na companhia de um amigo, suspeita-se também adolescente identificado como Galo, tentando roubar um estudante, que gritou pedindo socorro quando surgiu alguém armado e atirou contra os dois. Galo foi atingido na perna e foi encaminhado para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE).

A família prefere não opinar sobre a morte de Michael, deixando todas as investigações a cargo da Polícia. Mas dona Evangelista Maria Santos de Lima, a mãe do garoto, não tem dúvida que seu filho era envolvido com roubos e também com drogas. “Ele sempre me dizia que consumia qualquer droga, mas nunca o crack”, comentou a mãe, em conversa com o Portal Infonet. “Ah! Minha filha, se ele usasse crack eu não tinha nada dentro de casa”, admite. “E ele nunca roubou nada nosso para vender”, acrescentou.

Entre os vizinhos, que preferem o silêncio quanto aos motivos da morte do adolescente, o conceito de Michael é de um menino bom, educado e que sempre agiu com respeito. “Tanto é que o pessoal que ele se envolveu o chamava de Menor Menina, justamente porque ela era fraco (no envolvimento com a criminalidade)”, comentou uma vizinha, que prefere o anonimato. 

Outras mortes

O Instituto Médico Legal recepcionou outros três corpos. Dois deles de vítimas de acidente de trânsito e ambos envolvendo motocicletas. Um deles não há identificação nem registro sobre as circunstâncias do acidente.

Já Luís Hercilano Silva, 44, ocupava uma motocicleta e trafegava em uma via em Sítios Novos, no município de Poço Redondo, quando foi surpreendido por uma vaca na estrada. Ocorreu a colisão e Luís Hercilano não resistiu aos ferimentos.

O outro corpo é de Renato Jacinto da Silva, 66. A causa mortis foi registrada como indeterminada. Ele estava hospitalizado em Lagarto. 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais