Adolescente é morto a tiros no Santa Maria

0
Higino: dor com a perda do filho (Foto: Cássia Santana/Portal Infonet)

O adolescente Jonatha Jovino Santos Higino, que completaria 18 anos na terça-feira, 5, foi assassinado a tiros em um ponto de ônibus no Conjunto Novo Paraíso, no bairro Santa Maria, em Aracaju. O crime aconteceu por volta das 19h, momento em que o jovem estava em um ponto de ônibus aguardando o coletivo para retornar para casa, no bairro São Conrado.

O adolescente Jonatha Higino foi atingido por vários tiros. Há suspeita que homens armados tenham se aproximado do ponto de ônibus usando uma motocicleta, que fugiram em seguida. O crime será investigado pela polícia civil que ainda não possui pistas de suspeitos. “Ele não tinha inimigos nenhum e era uma pessoa boa, dedicada à família, só estudava e ajudava em casa”, revela o ajudante de carga e descarta Jorge Eduardo Santos Higino, pai da vítima.

Segundo a família, Jonatha Higino teria ido ao Santa Maria para passar o domingo, 3, na casa da avó. Antes de sair da residência da avó, o adolescente teria recebido a ligação de uma garota, marcando encontro com ele naquele ponto de ônibus específico. A família não conhece a garota nem sabe informar se o encontro efetivamente aconteceu. “A gente nem sabia que ele tinha esta amiga no Santa Maria. Dificilmente, ele ia lá”, comentou o pai.

Segundo o pai, Jonatha Higino estava matriculado no primeiro ano do ensino médio, estudava à noite e durante o dia ajudava os pais, ficando com os dois irmãos mais novos enquanto os pais estavam no trabalho. “Era um menino muito dedicado à família e só pensava em estudar. Queria se formar para abrir uma academia no Santa Maria”, conta o pai, numa referência aos sonhos do adolescente.

Por Cássia Santana

Comentários