Advogado de vítima de estupro diz que acredita na Polícia

0

Advogado Máximo Selem (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O advogado da adolescente, de 12 anos, vítima de estupro no banheiro de uma chácara, onde estava sendo realizado um retiro evangélico, durante o Carnaval deste ano, falou nesta terça-feira, 12, a equipe do Portal Infonet. Com o pedido de prisão preventiva decretado em juízo, Daniel Manuleke, de 18 anos, permanece foragido.

De acordo com o advogado, Máximo Selem, a família da vítima tem preocupação em relação à demora em encontrar o suspeito. “Eles ligam constantemente e passam uma ansiedade para que ele seja preso, mas eu confio na Polícia e na força operacional que foi montada para este caso. Acredito que seja questão de tempo para que ele venha se entregar ou mesmo ser encontrado pela polícia”, fala o advogado.

Máximo Selem diz ainda que o atendimento a família por meio de psicólogos e de médicos da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes tem sido excelente. “A família tem sido muito bem acompanhada por parte dos médicos da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes quanto por parte da polícia que continua investigando com o mesmo afianço”, fala.

Daniel permanece foragido

De acordo com a assessoria de comunicação da SSP todos os esforços estão sendo feitos para prender o suspeito que é considerado pela própria polícia como o foragido número um do Estado. O inquérito é de responsabilidade da delegada do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis da Secretaria de Estado da Segurança Pública (DAGV), Mariana Diniz, que já informou que somente irá se pronunciar sobre o caso após a prisão do mesmo.

Quem souber informação sobre o paradeiro de Daniel Manuleke pode ligar para o disque-denúncia através do 181.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais