Afogamento no Parque dos Cajueiros

0

Um dos homens que bebia no local e pulou no rio
Uma verdadeira operação de salvamento foi montada na tarde desta quarta-feira, 5, no pier no Parque dos Cajueiros.  Com a informação de que dois homens estavam morrendo afogados, foram deslocadas equipes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Rádio Patrulha e até mesmo o helicóptero do Grupamento Tático Aéreo. Um tenente da Polícia Militar que estava no restaurante do parque fez o salvamento e o resgate foi feito pelos bombeiros.

O tenente da Polícia Militar, Josebel Silveira do Nascimento estava almoçando no restaurante do Parque dos Cajueiros, quando ouviu gritos e correu para o píer. “Eu tinha acabado de chegar para almoçar com a minha esposa quando ouvimos gritos de que tinha um homem se afogando. Quando vi que

Equipes de salvamento
ele subia e submergia, não pensei duas vezes. Pulei na água e consegui pegá-lo”, relata o tenente Josebel Nascimento ao receber atendimento por ter cortado o pé.

“Eu recebi um comunicado via telefone dando conta que tinham dois homens se afogando, peguei a moto e vim pra cá imediatamente pois sou mergulhador de resgate. Quando cheguei percebi que era apenas uma vítima que estava sendo salva por um tenente da PM. Fui até eles e fiz o resgate. Era apenas um homem se afogando e não dois como fomos informados”, destaca o sargento Sinério dos Santos, do Corpo de Bombeiros.

Cachaça e drogas

Tenente Josebel recebendo atendimento
O comandante de Policiamento da Capital, coronel Maurício Iunes esteve no local com uma equipe formada por 14 homens. “Felizmente tudo correu bem. Os envolvidos além de bêbados, são usuários de drogas”, ressalta coronel Iunes.

Visivelmente alcoolizado, José Eduardo dos Santos, tentava a todo instante explicar o que tinha acontecido. “Eu não tenho nada a ver. Ele tava bebendo aqui e depois pulou no rio. Eu vi que ele tava morrendo e pulei também.  Eu saí e ele ficou”, diz.

Inconsciente

O rapaz recebeu os primeiros-socorros ainda no local por meio

Sargento Sinério fez o resgate

 

de uma  equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que tentavam reanimá-lo. Até o fechamento desta matéria, a vítima continuava inconsciente e sem identificação. O SAMU estava encaminhando-o para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

Por Aldaci de Souza

 




Comentários