Agências bancárias fecham as portas

0

No primeiro dia de movimento paredista, várias agências bancárias fecharam as portas, deixando de atender o público. Os bancários respeitaram a letra da lei, que fala da conservação de 30% do pessoal em trabalho. Mas, o número ficou restrito a serviço interno.

 

Além dos bancos oficiais – Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Caixa Econômica – fecharam agências do Itaú, HSBC, Unibanco, entre outros. As agências do Banco do Estado de Sergipe abriram normalmente, mas o Centro de Processamento de Dados parou.

 

Os bancários decidiram, no início da noite de ontem, pela continuidade da greve e há esperanças de mais agências fechadas no dia de hoje. Os bancários reivindicam aumento de salário, além da introdução de turnos de trabalho. A greve já atinge as principais capitais do país e cidades do interior.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais