Agentes de medidas sócio-educativas podem paralisar mais uma vez

0

Os agentes de segurança de medidas sócio-educativas devem paralisar as atividades na próxima sexta-feira, 16, por tempo indeterminado. A decisão será tomada neste sábado, 10, em assembléia. Segundo o presidente do sindicato da categoria, Eziel Oliveira, “a paralisação deverá ocorrer por conta do reajuste que a secretaria não quer dar e em resposta à perseguição do presidente da Fundação Renascer”.

Além disso, ele afirma que está havendo má vontade da secretária Conceição Vieira em negociar com os agentes. Ele conta que estava marcada para esta sexta-feira, 9, uma reunião e a secretaria remarcou para a próxima terça-feira, 13, 16h. De acordo com o assessor de comunicação da Seides a secretária sempre recebe a categoria para conversar e que o reajuste não foi definido ainda porque a secretária aguarda uma resposta da Secretaria da Fazenda e da Administração para definir o índice de reajuste.

Segundo a assessoria, a reunião desta sexta-feira, 9, teve que ser adiada a pedido do secretário de Administração que está em viagem. Ainda de acordo com a assessoria se a categoria entrar em greve novamente vai acontecer como na última  paralisação, que foi decretada ilegal pela Justiça.

Comentários