Agentes do Cenam acatam decisão judicial e voltam ao trabalho

0

Agentes estavam em paralisação desde o último dia 14
Depois de notificados pela Justiça, os agentes do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) retornaram ao trabalho na manhã desta sexta-feira, 21. A categoria havia paralisado as atividades no último dia 14, sob reivindicação de um reajuste salarial em 47%.

O presidente do Sindicato dos Agentes de Segurança (Sindase), Eziel Oliveira, disse que a decisão da desembargadora Marilza Maynard ainda deixou abertas as negociações. “Posso considerar que a decisão, na verdade, visa evitar algo pior visto a situação que se estabeleceu no Cenam como fugas e rebeliões, sendo que a Segurança é um serviço essencial”, diz.

Eziel diz que aguardará negociações
Em um balanço feito por Eziel sobre a paralisação, ele a considera proveitosa. “A sociedade pôde comprovar o que é trabalhar no Cenam; as pessoas viram a luta que é, pois até a Polícia teve dificuldades para agir”, conta. O presidente aguarda uma posição da Secretaria de Inclusão, para as negociações. Segundo ele, qualquer fato novo será comunicado à desembargadora Marilza Maynard.

Ele avisa que uma assembléia deve ser realizada nos próximos dias para decidir quais são os novos rumos que a categoria deve tomar. “Na próxima semana iremos à Assembléia Legislativa para chamar à atenção dos deputados para o caso. Ainda assim, vamos aguardas as negociações e uma posição da Secretaria, porque é de lá que devem partir as negociações”, finaliza Eziel.

Comentários