Agentes penitenciários decidem suspender a greve

0
Agentes decidiram que vão suspender a greve temporiamente (Foto: arquivo Portal Infonet)

Os agentes penitenciários decidiram durante assembleia realizada na noite desta quarta-feira, 11, que irão suspender a greve. A categoria paralisou as atividades no último dia 30 de maio para pressionar a implantação do plano de carreira dos guardas e agentes prisionais e exigir melhorias nas condições de trabalho.

Com a greve dos agentes, a rotina de visitas íntimas nos presídios foi alterada. Os agentes se recusaram a viabilizar o serviço, que somente foi realizado com o apoio da Polícia Militar. O clima ficou ainda mais tenso na manhã desta quarta-feira, 11, quando 47 detentos fugiram do Presídio de Tobias Barreto.

O Governo do Estado, através de nota, afirmou que adotará medidas administrativas para responsabilizar aqueles que abandonaram seus postos de serviço, utilizando-se dos necessários inquéritos administrativos e policiais e de sanções administrativas; e que a Justiça de Sergipe já decretou a ilegalidade da greve dos agentes penitenciários.

Já o sindicato afirmou que os direitos básicos dos detentos e internos, a exemplo de banho de sol, alimentação, remédios, estão sendo garantidos. Ainda de acordo com a categoria, as visitas não estavam sendo permitidas em função da falta de segurança e superlotação das unidades prisionais. O sindicato não concordou com a atuação da PM durante as revistas, alegando que eles não são preparados para tal atividade.

Para reforçar a segurança no sistema prisional, o governo requisitou o auxílio de 60 homens da Força Nacional, que irão atuar em Sergipe a partir desta quinta-feira, 12. O Portal Infonet continua acompanhando os fatos relacionados ao sistema prisional sergipano e logo trará novas informações.

Por meio da Secretaria de Comunicação do Governo o Secretário Gama disse na manhã de quinta-feira,12, que não vai receber os agentes prisionais. A orientação é que os agentes devem se reportar ao secretário da Justiça e Cidadania (Sejuc), Walter Lima.

* A matéria foi alterada às 12h do dia 12/06 para acréscimo de informações da Secom

Por Verlane Estácio

Comentários