Agentes tentam acordo com Fundação Renascer

0

Agentes reunidos na entrada do Cenam
Agentes educadores do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) realizaram uma manifestação na manhã desta sexta-feira, 24, na porta da instituição. Eles fazem uma série de reivindicações, dentre elas a entrega de equipamentos de segurança para os agentes, como capacetes, escudos e protetores. Na ocasião, eles aguardavam reunião com o presidente da Fundação Renascer, Gicelmo Albuquerque, para tratar dessas questões.

De acordo com os agentes, não houve a paralisação das atividades, apenas uma reunião entre os membros na entrada do centro. “As atividades dentro do Cenam ocorreram normalmente durante o dia”, garantiu um dos agentes.

No entanto, a equipe técnica da instituição, composta por psicólogos e assistentes sociais, estava indo embora no momento em que o Portal Infonet chegou ao local. “Todas as atividades foram suspensas. Viemos trabalhar, mas já estamos voltando para casa. Não tem condições de trabalharmos nessa situação”, disse a assistente social Lizandra Vieira, garantindo que houve, sim, a paralisação. “É um jogo de interesses”, disse outro membro da equipe técnica.

O presidente do Sindicato dos Agentes de Segurança (Sindase), Eziel Oliveira, conversou com os colegas e convocou a todos para uma reunião com o presidente da Fundação Renascer, Gicelmo Albuquerque. “Estamos tentando entrar em um acordo”, diz Eziel, referindo-se a melhorias nas condições de trabalho da categoria, bem como os cursos de especialização solicitados por eles. Ainda não há informações se a categoria fará uma greve.

Por Helmo Goes e Carla Sousa

Comentários