Agiota e segurança são executados em suposta emboscada

0
IML identifica um dos corpos (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Duas pessoas morreram e uma ficou ferida em um suposto crime de execução ocorrido na noite desta segunda-feira, 13, numa estrada que liga os municípios de Umbaúba e Indiaroba. De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, as três vítimas residem em Itabaiana e teriam seguido para Indiaroba para fazer uma cobrança, mas foram surpreendidas em uma suposta emboscada.

Das vítimas, apenas uma foi identificada oficialmente pelo IML: o jovem André Nunes de Jesus, de 24 anos, que morreu no Hospital de Umbaúba. Ele estava em um Gol de cor branca de placa OEM 1085, licença de Itabaiana, na companhia de outros dois homens, apenas identificados como Mateus e Márcio.

Mateus morreu no local da ocorrência, na zona rural do povoado Colônia, em Indiaroba, e Márcio sobreviveu. De acordo com informações da Polícia Militar, ele está recebendo atendimento em uma unidade de saúde do Estado.

Os três foram interceptados por um outro veículo, supostamente de cor vermelha, ocupado por quatro homens não identificados. Os primeiros levantamentos da equipe da 2ª Companhia do 6º Batalhão da PM indicam que um dos mortos atuava como agiota e os outros dois o acompanhavam na condição de segurança e que teriam saído de Itabaiana na segunda-feira, 13, com o objetivo de cobrar uma dívida, que seria fruto da agiotagem.

Os quatro homens que executaram o crime fugiram após a execução. Há suspeita, conforme o cabo Horta, que integra a equipe do 6º BPM, que os criminosos fugiram em direção ao Estado da Bahia.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais