Agora é Lula lá

0

Deu o resultado que se esperava. Aqui e lá. Luiz Inácio Lula da Silva, depois de três tentativas, credenciou-se com uma montanha de votos, a substituir, no Palácio do Planalto, o presidente Fernando Henrique Cardoso. Aos 57 anos, comemorados ontem, Lula talvez seja o líder popular mais importante da história brasileira. Ainda é cedo para se dizer que, em popularidade, supera dois ícones da história: Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek. Já entra, porém, na História, como o primeiro candidato declaradamente de esquerda a chegar ao poder. E a chegar por vias democráticas sólidas, montado em um recorde de votos, extraídos em uma votação também recorde, possivelmente a maior do mundo. Lula tem uma ligação toda especial com Sergipe, Estado onde sempre obteve votação excepcional, confirmada no pleito de ontem. Padrinho de uma filha do prefeito Marcelo Déda, Lula tem aqui muitos amigos, aos quais não deixa de procurar quando passa pela cidade. O primeiro pernambucano a ser eleito presidente da República, Lula teve infância sofrida e forjou caráter e personalidade política nas lutas sindicais. Agora é o caso de se dizer: Viva Lula! Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais