Albano prefere ficar no PSDB

0

“Uma convivência com o governador João Alves, é, senão difícil, praticamente impossível”, disse o ex-governador. “Se eu quisesse ser candidato a governador, todo o impasse estaria resolvido, mas uma candidatura dessa não passa pelo meu projeto político”, adiantou. “Com o prefeito Marcelo Déda, com quem mantenho ótimos laços de amizade, não tenho o menor compromisso. Diante deste quadro, gostaria de afirmar que não desejaria sair do PSDB, partido que eu gosto, que se afina com minhas idéias e meus ideais e onde tenho muitos e bons amigos”.

 

Mais adiante, Albano Franco foi incisivo: “Política é conversa, já dizia meu pai, Augusto Franco. Estamos abertos às conversações que signifiquem dias melhores para o PSDB e para o Estado”. O ex-governador disse entender a posição de Almeida Lima: “Ele é senador, com mais seis anos de mandato pela frente. Uma candidatura de governador para ele não significa nada em termos de perdas eleitorais. O PSDB hoje já ultrapassou até o PT em número de senadores e isso é bom para o partido”.

 

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais