Alto da Divinéia: vítimas tinham passagem pela polícia

0
Vítimas já tinham passagem pela polícia (Foto Ilustrativa: Arquivo Portal Infonet)

O triplo homicídio registrado na madrugada dessa terça-feira, 19 no Alto da Divinéia, em São Cristóvão, e que está sendo investigado pelo Delegado Ítalo Almeida da 5° Divisão do Departamento de Homicídio e Proteção a Pessoa, pode ter ligação com uma possível disputa de grupos rivais da região.

De acordo com as informações da Secretaria de Segurança Pública, a polícia confirmou que uma das vítimas, Diego Batista dos Santos, 22 anos, já foi preso e indiciado por porte ilegal de arma, quadrilha ou bando e já era conhecido da polícia. Diego foi preso em maio 2016 e liberado meses depois.

Ainda segundo a SSP as outras vítimas, identificadas  como José Cléber Gonçalves dos Santos, 18 anos, e Edivânio Silva da Conceição, 24, eram investigados em inquéritos policiais do DHPP pela suspeita de roubos e possíveis homicídios praticados na região de Sâo Cristóvão. Todos eram alvos da operação realizada pela polícia sergipana na última sexta-feira, dia 15, em São Cristóvão.

O Crime

A SSP também informou que nas primeiras horas dessa segunda-feira, quatro homens armados se aproximaram das vítimas, que estavam em frente a uma residência e efetuaram os disparos. Uma das vítimas acabou morrendo no local e as outras duas teriam tentado se abrigar dentro de outra casa, mais foram alcançados e alvejados.

Logo após o crime uma equipe da DHPP e da polícia criminalista foram até o local do crime onde realizaram todo levantamento. O caso também tem o apoio da coordenadora do DHPP, Tereza Simony.

Por Alcione Martins com informações da SSP

Comentários