Alunos do ILBJ se formam

0

“Agora, estou preparada para entrar no mercado de trabalho”
Na noite do último dia 23, aconteceu a formatura da terceira turma do Instituto Luciano Barreto Júnior (ILBJ), composta por 980 jovens de 16 a 25 anos. Durante o ano de 2005, eles tiveram a oportunidade de estudar gratuitamente informática, inglês, português, matemática, relações humanas, cultura e cidadania. “Agora, eu estou mais preparada para competir no mercado de trabalho”, afirma Lídia Duarte,17.

 

A solenidade contou com a participação do Ministro do Superior Tribunal de Justiça, Luiz Fux, que veio lançar o “Programa Conhecendo a Constituição”, que tem como objetivo divulgar os Direitos e Garantias Individuais entre jovens. Haverá ainda apresentação cultural. “A idéia é criar cidadãos mais conscientes de seus direitos, para que ele possa exigir da sociedade. Aproveitamos a iniciativa do ILBJ para começar com seus alunos”, explicou o Ministro Luiz Fux

 

O dia da formatura também marcou o terceiro ano de atuação do Instituto e a data de nascimento de seu patrono, Luciano Barreto Júnior, que completou 32 anos no dia de ontem. “Vendo esse espaço lotado de alunos, é que tenho a certeza de que o sonho de Júnior está sendo bem realizado por nós”, disse, emocionada, Maria Celi Barreto, presidente do Instituto.

 

A gratidão que esses 980 alunos têm pelo Instituto e por seus fundadores pôde ser medida através da calorosa salva de palmas, com que foram aclamados Luciano e Maria Celi Barreto, presidente e curador tecnológico, respectivamente, do ILBJ quando subiram ao palco do Espaço Emes.

 

O trabalho começou com os cursos de informática e inglês, contemplando 200 alunos, além de ações voltadas à promoção da cultura e disseminação do conhecimento em várias áreas. Até hoje,

“Cidadãos mais conscientes”

cerca de 2200 jovens já passaram pelo instituto, que objetiva promover inclusão social tendo como sustentáculo a educação.

 

“Ao prepararmos esses jovens com um plano pedagógico estratégico, estamos viabilizando que tenham mais chances de aproveitar oportunidades de crescimento em vários aspectos, do pessoal ao profissional”, ressalta o gerente executivo do ILBJ, Adler Ismerim.

 

A presidente do Instituto, Maria Celi Barreto disse ainda que a linha de atuação foi idealizada pelo patrono, também entusiasta da inclusão digital. “Luciano Barreto Júnior alimentava o sonho de contribuir para que os jovens menos favorecidos pudessem encontrar um caminho para construir um futuro promissor”, diz.

 

Por Diego Bittencourt

Da Redação do Portal InfoNet

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais