Ameaças dentro do lar contra mulheres chegam a 2.700 casos em 2019

0

O número de denúncias nas delegacias, ano após anos, é o suficiente para entender que a violência contra a mulher dentro do próprio lar está longe de ser um problema perto do fim no Brasil. Se o número de denúncia já é alarmante, o potencial da subnotificação chega a ser pior. O DAGV, só na Grande Aracaju, em 2019, efetuou mais de 500 prisões de homens envolvidos em agressão contra mulheres. A delegada Mariana Diniz, diretora do DAGV, reforça a importância das denúncias e aponta os caminhos para as mulheres vítimas de agressão.

Confira a reportagem completa no vídeo:

Comentários