André Léllis é detido durante apresentação

0

André Léllis diz que polícia foi truculenta e arrogante(Foto: Portal Infonet)
O cantor baiano André Léllis foi detido por policiais da Rádio Patrulha (RP) durante uma apresentação em uma casa de show no bairro Coroa do Meio, por volta das 21h30 desse domingo, 27.

De acordo com informações da produção do cantor, a Polícia Ambiental, que também estava no local, teria solicitado que a banda parasse de tocar alegando poluição sonora. Nesse momento, segundo a produção do cantor, o policial da RP, Igor Alves, teria subido ao trio e solicitado ao cantor que ele parasse de tocar.

As informações dão conta de que André avisou ao público o pedido do policial, e o mesmo entendeu que o cantor queria colocar a platéia contra os militares. Igor teria dado voz de prisão e conduzido André Lélis até Delegacia Plantonista.

Delegacia

Já na delegacia, o cantor foi levado para a sala de triagem, onde ficou cerca de três horas aguardando para prestar depoimento ao delegado plantonista, Washington Okada. Léllis foi ouvido por aproximadamente uma hora e meia, e logo depois saiu da Delegacia Plantonista com destino ao hotel onde estava hospedado. Antes, ele falou com a imprensa. “Gostaria de agradecer ao público de Aracaju que está ao meu lado. Quero agradecer ao público que estava na festa durante o absurdo, mas tudo isso será resolvido no âmbito legal”, ressalta o cantor.

Igor(ao fundo) e policiais do Pelotão Ambiental não quiseram se pronunciar(Foto: Portal Infonet)

Quando questionado sobre a alegação dos policiais, André Léllis confirmou o que a produção havia dito. “A alegação foi o volume do som. Eu não tenho nem como julgar isso, porque eu estou ali no trio cantando”, salienta o cantor, ressaltando que a atuação e abordagem policial foi “truculenta e arrogante.”

Novo depoimento

Ainda na manhã desta segunda-feira, 28, por volta das 10h, o cantor deverá comparecer a Delegacia de Turismo, na Orla de Atalaia, onde prestará novo depoimento ao delegado Gilberto Passos.

Polícia

Os policiais que efetuaram a prisão do cantor também prestaram depoimento na Delegacia Plantonista, mas não quiseram falar com a imprensa sobre o ocorrido.

Por Alcione Martins

Comentários