Anticorpus realiza show no Rio Grande do Norte

0

A banda sergipana Anticorpus começa a conquistar o público fora das fronteiras do seu Estado. Nessa sexta-feira, dia 20, a festa vai rolar solta no Complexo Chaplim, maior espaço de eventos de Natal, no Rio Grande do Norte. A banda, que foi consolidada em 1996, conta, em sua formação, com Beto, no vocal; Caldas, na guitarra; com João no baixo; Marcelo no teclado e Geraldo na bateria. Em seu repertório – baseado no pop-rock nacional e internacional – a Anticorpus possui composições próprias, já gravadas em uma demo-tape e em um CD promocional com a música “Onde está você?”. Com seu carisma no palco, trazendo novas versões das músicas já consagradas e cada vez mais conquistando um público próprio, a Anticorpus vem trabalhando em novas canções, algumas já incluídas nos shows, que estarão presentes no 1º CD da banda, que busca divulgar o rock de Sergipe em nível nacional. Em visita à sede da InfoNet, João Valiati e Geraldo Freire – componentes da banda – falaram da viagem e dos projetos da Anticorpus. Portal InfoNet – Como surgiu o convite para participarem desse evento no Rio Grande do Norte? João Valiati – O convite surgiu a partir do nosso site, que foi lançado recentemente mna InfoNet e está nos proporcionando essa interatividade com outras bandas e outros Estados. O objetivo foi cumprido: estamos em contato com outras bandas. Esta é a primeira vez que estamos saindo do Estado sergipano. De uma certa forma, isso é bom tanto para o crescimento quanto para a integração da banda. PI – O que a Anticorpus e a casa de Complexo Chaplim estão comemorando? JV – O que se comemora lá é o aniversário da Chaplim e seremos a única banda tocando ao vivo. Essa é uma permuta entre a nossa banda e a Inácio Toca Trumpete que, no próximo dia 2 de novembro estará tocando aqui no Tequila Café. PI – Geralmente as bandas precisam fazer sucesso fora para depois agradar ao seu Estado. O que vocês têm a falar sobre isso? Geraldo Freire – Estamos tocando regularmente aqui em Aracaju, mas os espaços são poucos. Ultimamente o Tequila Café é quem mais tem dado oportunidades às bandas. Aqui notamos a existência de um fenômeno que são os espaços que estão na moda. Em outras épocas tínhamos vários espaços e hoje praticamente estamos só com o Tequila. PI – Quando vocês pretendem lançar um CD? Quais os projetos da Banda? JV – No momento estamos com dificuldades de lançarmos um CD. Além da dificuldade em gravar, temos também a dificuldade em distribuir as cópias. Tivemos, recentemente, um projeto aprovado pelo Ministério de Incentivo à Cultura, mas, devido a alguns erros no projeto, não pudemos gravar o nosso CD. Pretendemos agora juntar recursos para gravarmos aos poucos. No próximo dia 4 de outubro, a Anticorpus estará tocando no Tequila Café. Maiores informações pelo telefone (0xx79) 9987-5757.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais