Apae/SE continua sem previsão de reabertura

0

Reunião aconteceu no MPE
A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais em Sergipe (Apae/SE) continua sem previsão para retomar as atividades. Em audiência realizada na manhã desta segunda-feira, 4, no Ministério Público Estadual (MPE), ficou acertado que as secretarias de Educação e da Saúde do município e do Estado terão 15 dias para propor alternativas para que a instituição volte a funcionar.

De acordo com o presidente da Apae/SE, Homero Filizola, “a expectativa é de que a associação volte a funcionar, já que são 314 alunos que estão sem receber atendimento”. A dívida atual da associação é de R$ 128 mil, montante relacionado aos salários dos 58 funcionários, que estão em atraso.

Prédio da Apae/SE
Com a paralisação das atividades, apenas dez funcionários continuam trabalhando na unidade, dos setores administrativos, da assistência social e do marketing. “Não podemos parar o marketing, pois é através deste serviço que estamos buscando recursos”, explica Homero.

Ajuda

Desde a paralisação das atividades na Apae/SE, ocorrida na última segunda-feira, 27, que algumas empresas já procuraram a instituição e houve uma melhora sensível nas doações, mas ainda não é suficiente para o retorno dos trabalhos.

Nesta terça-feira, 05, o presidente da Apae/SE participa de sessão especial na Assembléia Legislativa para relatar aos deputados estaduais a situação da instituição.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais