Aracaju conta com trânsito monitorado 24h

0

Trânsito monitorado 24 horas na capital (Fotos: Portal Infonet)
Engarrafamentos quilométricos, avenidas que parecem ter encurtado e a população que reclama da fluidez do trânsito. Este é o quadro da capital sergipana, que tem apresentado as consequências do aumento na frota de veículos. Na manhã desta segunda-feira, 27, no entanto, o prefeito da capital, Edvaldo Nogueira, destacou uma série de ações que devem traçar um novo cenário no trânsito local.

Funcionando 24 horas, a central de monitoramento da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) é interligada com câmeras que estão presentes nas principais avenidas como Hermes Fontes, Adélia Franco, Tancredo Neves, Augusto Franco, Desembargador Maynard, entre outros pontos.

Durante a apresentação do sistema à imprensa, motoristas que estavam parados em local proibido na avenida Hermes Fontes foram flagrados pelas câmeras. Um agente da SMTT chegou ao local em

O prefeito apresentou um pacote de ações para melhorar o trânsito
menos de 10 minutos e orientou o tráfego. O superintendente da SMTT, Osvaldo Resende, lembrou que o sistema grava mantém as imagens gravadas e que os agentes monitoram todas as ocorrências.

Edvaldo Nogueira ressaltou que até 2012 a intenção é que a central de monitoramento esteja interligada com o Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu), Guarda Municipal e o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). “No meio de uma ocorrência do Samu, os agentes podem auxiliar abrindo a passagem do trânsito. Podemos ainda interligar com o Ciosp para trabalhar com a questão da segurança. A idéia é abrir e fechar o sinal de trânsito remotamente”, disse o prefeito, que apresentou um pacote de ações estratégicas de melhorias na ordem de mais de R$ 3 milhões.

Sinalização

As câmeras estão localizadas nas principais avenidas da capital
O prefeito reconheceu que a falta de placas de sinalização muitas vezes prejudica aos turistas. “Para o turista chegar a um ponto turístico sofre o bocado, mas estamos colocando 176 placas de sinalização turística no total de 1500 placas de sinalização em toda a cidade”, afirmou Edvaldo Nogueira, que destacou a aquisição de 30 motos para os agentes.

Quebra-molas

Durante a coletiva com a imprensa o prefeito também falou sobre a instalação de quebra-molas. “Pessoalmente acho a colocação de quebra-molas um atraso, um desserviço ao trânsito. Nas ruas que têm aumentado os acidentes, tem que colocar um aparelho que multa. No futuro vamos diminuir o quebra-molas e aumentar a orientação”, avisa.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais