Artistas denunciam Funcaju por irregularidades

0

Dois dos artistas do teatro sergipano mais conhecidos no Estado por adaptações bem-sucedidas de várias obras estão denunciando a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esportes – Funcaju –, órgão da Prefeitura responsável pela promoção de eventos da área cultural, junto ao Ministério Público Estadual, por ter cometido possíveis irregularidades.

 

Os responsáveis pela denúncia são Edmilson Suassuna da Silva, ator e diretor de teatro e Rosemary Mendonça Ribeiro, atriz e radialista. A denúncia está sendo baseada na lei Municipal de Incentivo à Cultura, nº 1.719, criada em 1991, para estimular a produção cultural e as artes em geral no município.

 

Em abril do ano passado, Rosemary protocolou, junto à Funcaju, o Projeto “Circuito Aracajuano de Teatro – ‘O Santo e a Porca’”, peça adaptada a partir do livro de Ariano Suassuna. O projeto foi o primeiro da lista a ser apresentado para ser beneficiado pela Lei dentro do prazo estabelecido pela Funcaju. O projeto foi aprovado pela Comissão de Averiguação, Avaliação e Aprovação de Projetos e divulgado como um dos vencedores.

 

Mas apesar de ter sido aprovado, até o momento, o órgão não se pronunciou sobre como os selecionados deveriam proceder para ter acesso aos benefícios previstos pela Lei. O prefeito Marcelo Déda explicou em um telejornal sergipano que os recursos que deveriam fomentar os projetos foram utilizados para outros fins, em face a isso, não houve aplicação dos recursos nos projetos aprovados.

 

De acordo com um documento expedido pelo Ministério, a Prefeitura pode ser punida por desvio de verba pública da função para a qual foi consignada e por ter divulgado perante à mídia informações inverídicas, ao afirmar que investiu em cultura sem que o mesmo tivesse sido realmente feito.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais