Aruanda:Donos de bares irão contratar banheiros químicos

0

A retirada dos banheiros ocorreu na última terça-feira, 21 (Foto: Arquivo Infonet)

Após a retirada dos banheiros químicos dos quiosques da Aruanda, os donos de bares já procuram alternativas para não saírem no prejuízo e os banhistas ficarem sem utilizar os banheiros. A alternativa encontrada por eles é realizar a contratação de uma empresa privada responsável por alugar os banheiros químicos para o uso. Serão ao todo 12 banheiros químicos, distribuídos pelos três blocos que compõem os quiosques.

Segundo um dos comerciantes do local, Agnaldo de França, conhecido como "Libório" essa será a alternativa encontrada para que os banhistas não fiquem sem o serviço. “O dono da empresa vai tentar conseguir a licença da prefeitura para que possamos ter banheiro aqui. Cada cliente vai pagar R$ 2 reais para usar o banheiro quantas vezes ele quiser. Eles vão gostar porque terá ar-condicionado e será todo limpo. Antes ninguém gostava de chegar para usar o banheiro sem limpeza e num calor”, afirma.

Se tudo der certo, o comerciante acredita que os banheiros estarão disponíveis a partir do próximo sábado, 24.

A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado do Turismo (Setur) que informou que não pode fazer nada pelos donos dos quiosques já que a responsabilidade é da prefeitura de Aracaju.

Entenda

A decisão de retirar os bares químicos da Aruana partiu da Emsurb e foi motivada, segundo a assessoria, pelo corte de gastos. A remoção dos banheiros ocorreu na manhã da última terça-feira, 21.

Ainda segundo informou a Emsurb, a partir de agora, se desejarem, os permissionários devem se responsabilizar pela manutenção do contrato com a empresa proprietária dos banheiros químicos ou adquirir seus próprios banheiros.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais