As crianças se divertiram

0

Realizado pela primeira vez fora das tradicionais salas de cinema, o IV Curta-SE instalou-se na Orla do Bairro Industrial, num cinema improvisado que abrigou as mostras de 16 e 35mm, além da exibição de cinco longa-metragens, um por noite. A idéia era democratizar as exibições dos filmes, mas aí onde está o problema. Com portões abertos, crianças e menores de idade tiveram acesso a filmes um tanto quanto fora de seus limites. Um problema a se resolver no próximo ano, caso o festival vá para o mesmo endereço. Não é questão de censurar os filmes, mas deixar que sejam aproveitados pelo público em condições disto. Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais