Aspese realiza protesto

0

A Associação dos Portadores de Epilepsia de Sergipe – Aspese – realiza na tarde de hoje, na praça Fausto Cardoso, um ato público em protesto contra a discriminação, falta de assistência médica e desinformação da sociedade sobre a doença que, segundo a entidade, atinge cerca de 121 mil sergipanos. O ato também faz parte da programação do “Dia Nacional do Portador de Epilepsia”.

 

A entidade, que foi fundada há 21 anos, afirma receber diversos relatos de discriminação de pessoas portadoras da doença. Segundo o presidente da Associação, Elcias Fernandes, existe descaso por parte das autoridades competentes no sentido de ajudar o epilético. “Não basta assegurar remédio para o enfermo, o amparo vai muito além disso”, afirma.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais