Assalto Banese: dois suspeitos são presos em Pedrinhas

0
Luiz Carlos Ferreira é suspeito de participação no crime (Foto: Ascom/PM)

A polícia continua no encalço da quadrilha que assaltou um posto de atendimento do Banco do Estado de Sergipe (Banese), no município de Pedrinhas, no dia 30 de janeiro. Quatro homens invadiram a agência e conseguiram fugir levando dinheiro e uma cliente como refém. Até o momento dois homens foram presos como suspeitos de participação no assalto, dentre eles um paulista.

De acordo com a delegada do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), Aliete Melo, foi preso José Lucas de Jesus Santos. Ele seria autor de vários crimes no município e sua participação no assalto não é descartada pela polícia. “Chegaram denúncias dizendo que José Lucas, conhecido como “neguinho” é acusado de vários crimes em Pedrinhas. Ele foi preso em flagrante pela polícia da cidade, com parceiros que portavam drogas”, explicou a delegada.

Paulista

Já Luiz Carlos Ferreira, 40 anos, foi preso pelo Grupo de Ações Táticas do Interior (Gati). De acordo com assessoria de comunicação da Polícia Militar de Sergipe, ele é suspeito de participação no roubo à agência do banco Banese, de Pedrinhas.
Ainda segundo a assessoria, duas equipes do Gati perderam o suspeito após análise das imagens do assalto. Luiz Carlos é foragido do presídio de Areia Branca. As investigações sobre o assalto continuam segundo informou a delegada Aliete Melo.

Assalto

A ação ocorreu no início da tarde da última quinta-feira, 30. Quatro homens invadiram a agência levando dinheiro e uma mulher como refém, que logo em seguida, foi liberada na zona rural do município. A quantia roubada não foi revelada.

Comentários