Assaltos e mais assaltos

0

O noticiário policial não se cansa de destacar os inúmeros casos de assaltos e até crimes. Um policial civil, Josenias Rodrigues, que trabalhava ilegalmente como taxista defensor nas horas vagas, foi assassinado por elementos que levaram apenas sua arma. A polícia defende duas hipóteses: ou ele teria reagido a um assalto, ou foi reconhecido como policial.

 

Outro caso: uma pizzaria, na praia de Atalaia, foi assaltada por quatro elementos que usaram para a fuga um carro de turistas, tomado no momento em que eles chegavam ao hotel. O carro foi recuperado.

 

No interior do Estado, ocorrem casos de roubos, assaltos, etc, deixando a população sob o temor de novos casos. A Secretaria de Segurança Pública não dá sinais de vida. Aliás, o titular da pasta está em viagem ao exterior.

 

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais