Assassinato de mulher no Jabotiana foi crime passional

0
IML saindo do condomínio da vítima (Foto: Arquivo / Portal Infonet)

O delegado Mario Leoni, da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP), revelou que a técnica de enfermagem Maria José Menezes Vieira, 56, foi assassinada a golpes de faca golpes pelo seu companheiro, José Carlos Santos Júnior. Inicialmente, foi levantada a hipótese de que uma outra pessoa estaria envolvida no crime.

“Através da investigação da cena do crime e a partir de depoimentos das famílias de Maria e do acusado, chegamos a conclusão que José Carlos matou a esposa e depois tentou se suicidar”, reitera o delegado.

“Tudo indica que o homicídio foi passional. Depois que viu a mulher morta, José Carlos tentou se matar com a faca. A polícia descarta a hipótese que os golpes foram feitos pela mulher, porque eles eram todos superficiais”, revela.

A possibilidade de uma quarta pessoa na cena do crime está totalmente descartada pela polícia, conforme o delegado. “A única pessoa a mais que estava no momento do crime era a neta de Maria José. Ela presenciou sua avó sendo morta”, explica.

Entenda o caso

Maria José Menezes Vieira foi morta a golpes de faca no dia 14 de julho, no condomínio Santa Fé, no Conjunto Santa Lúcia, bairro Jabotiana. A técnica de enfermagem faleceu ainda dentro da residência. José Carlos Santos Júnior ainda foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), mas não resistiu e veio a óbito.

Por Geilson Gomes e Verlane Estácio

Comentários