Assembleia dos rodoviários pode definir estado de greve nesta sexta

0
De acordo com o presidente do Sinttra, Miguel Belarmino, a categoria vem sofrendo há um ano com significativas perdas (Foto: Infonet)

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Aracaju (Sinttra) confirmou nesta quinta-feira, 18, que a categoria poderá definir em assembleia a ser realizada amanhã, um estado de greve para o transporte municipal da cidade de Aracaju e Grande Aracaju.

De acordo com o presidente do Sinttra, Miguel Belarmino, a categoria vem sofrendo há um ano com significativas perdas. “Para se ter uma ideia, os rodoviários não recebem mais o ticket alimentação. Ele foi cortado. Infelizmente muitos trabalhadores estão passando dificuldades”, lamenta. “Quando o pessoal recebia o benefício, conseguia passar o mês tranquilo fazendo as compras. Agora, a realidade é mais difícil”, completa.

O sindicalista diz ainda que foi marcada uma assembleia para esta sexta-feira, 19, com o intuito de avaliar a situação dos rodoviários em meio as perdas que já tiveram e aprovar um indicativo de greve (Foto: Sinttra)

Na visão de Belarmino, falta sensibilidade para enxergar a categoria. “Os rodoviários estão trabalhando desde o início da pandemia. Não pararam. E ainda nesta situação difícil ficar sem direitos?!”, indaga. Para ele, acordos com a classe patronal não tem seguido adiante, por isso a necessidade de uma futura greve. “Eles só querem tirar direitos. Agora estão tentando tirar nosso plano de saúde. Algo que eu lutei muito para que os trabalhadores tivessem”, afirma Belarmino.

O sindicalista diz ainda que foi marcada uma assembleia para esta sexta-feira, 19, com o intuito de avaliar a situação dos rodoviários em meio as perdas que já tiveram e aprovar um indicativo de greve. “Ao que tudo indica, iremos confirmar um estado de greve. Já cansamos de esperar e não receber quase nada. Caso o indicativo seja aprovado, já planejamos começar a greve a partir do dia 1º de março, às 00h. Todo o transporte público de Aracaju e da Grande Aracaju seria paralisado”, resume.

Setransp

O Setransp disse que junto às empresas operadoras do transporte público coletivo têm buscado ao longo desta pandemia focar na preservação dos postos de trabalho. “Os funcionários têm recebido qualificação para obterem promoções, como por exemplo aqueles que se tornaram motoristas ou agentes comerciais. Especialmente, na área de venda de crédito da bilhetagem eletrônica, os agentes comerciais, ainda contribuem com o combate à Covid-19 , contribuindo com o incentivo aos passageiros para trocar o uso de dinheiro por cartão no ônibus”.

O Setransp disse também que entende que o Sinttra está fazendo seu papel, mas alerta que o ano 2020 foi atípico e 2021 será um ano ainda mais severo para setor de transporte sendo inviável a comparação com qualquer ano anterior, porque o setor vive os reflexos das consequências da pandemia, que completa um ano este mês de fevereiro. “Neste momento, teremos mais um aumento nos custos com preço do diesel subindo 15%”, finaliza.

por João Paulo Schneider

A matéria foi alterada às 18h51 para acréscimo de nota enviada pelo Setransp. 
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais